top of page

A Apple está perdida sem Steve Jobs', diz ex-diretor criativo da empresa


O crescimento estelar da Apple estava enraizado no amor pela simplicidade de Steve Jobs. Esse amor — você pode até chamar de obsessão — podia ser visto no hardware, no software, no empacotamento, no marketing, no design de lojas e até a organização interna da Apple. Mas, isso foi há quatro anos". Este parágrafo está na coluna de Ken Segall, publicada no The Guardian, que trabalhou ao lado de Jobs como diretor criativo de publicidade por 12 anos.

Durante todo o argumento, Segall diz que a Apple "perdeu o seu caminho" com a aus